Por Misael. Arquivado em Salmos

Aleluia! Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento, obra do seu poder.

  1. Louvai-o pelos seus poderosos feitos; louvai-o consoante a sua muita grandeza.
  2. Louvai-o ao som da trombeta; louvai-o com saltério e com harpa.
  3. Louvai-o com adufes e danças; louvai-o com instrumentos de cordas e com flautas.
  4. Louvai-o com címbalos sonoros; louvai-o com címbalos retumbantes.
  5. Todo ser que respira louve ao SENHOR. Aleluia!

Por Misael. Arquivado em Salmos

Aleluia! Cantai ao SENHOR um novo cântico e o seu louvor, na assembléia dos santos.

  1. Regozije-se Israel no seu Criador, exultem no seu Rei os filhos de Sião.
  2. Louvem-lhe o nome com flauta; cantem-lhe salmos com adufe e harpa.
  3. Porque o SENHOR se agrada do seu povo e de salvação adorna os humildes.
  4. Exultem de glória os santos, no seu leito cantem de júbilo.
  5. Nos seus lábios estejam os altos louvores de Deus, nas suas mãos, espada de dois gumes,
  6. para exercer vingança entre as nações e castigo sobre os povos;
  7. para meter os seus reis em cadeias e os seus nobres, em grilhões de ferro;
  8. para executar contra eles a sentença escrita, o que será honra para todos os seus santos. Aleluia!

Por Misael. Arquivado em Salmos

Aleluia! Louvai ao SENHOR do alto dos céus, louvai-o nas alturas.

  1. Louvai-o, todos os seus anjos; louvai-o, todas as suas legiões celestes.
  2. Louvai-o, sol e lua; louvai-o, todas as estrelas luzentes.
  3. Louvai-o, céus dos céus e as águas que estão acima do firmamento.
  4. Louvem o nome do SENHOR, pois mandou ele, e foram criados.
  5. E os estabeleceu para todo o sempre; fixou-lhes uma ordem que não passará.
  6. Louvai ao SENHOR da terra, monstros marinhos e abismos todos;
  7. fogo e saraiva, neve e vapor e ventos procelosos que lhe executam a palavra;
  8. montes e todos os outeiros, árvores frutíferas e todos os cedros;
  9. feras e gados, répteis e voláteis;
  10. reis da terra e todos os povos, príncipes e todos os juízes da terra;
  11. rapazes e donzelas, velhos e crianças.
  12. Louvem o nome do SENHOR, porque só o seu nome é excelso; a sua majestade é acima da terra e do céu.
  13. Ele exalta o poder do seu povo, o louvor de todos os seus santos, dos filhos de Israel, povo que lhe é chegado. Aleluia!

Por Misael. Arquivado em Salmos

Louvai ao SENHOR, porque é bom e amável cantar louvores ao nosso Deus; fica-lhe bem o cântico de louvor.

  1. O SENHOR edifica Jerusalém e congrega os dispersos de Israel;
  2. sara os de coração quebrantado e lhes pensa as feridas.
  3. Conta o número das estrelas, chamando-as todas pelo seu nome.
  4. Grande é o Senhor nosso e mui poderoso; o seu entendimento não se pode medir.
  5. O SENHOR ampara os humildes e dá com os ímpios em terra.
  6. Cantai ao SENHOR com ações de graças; entoai louvores, ao som da harpa, ao nosso Deus,
  7. que cobre de nuvens os céus, prepara a chuva para a terra, faz brotar nos montes a erva
  8. e dá o alimento aos animais e aos filhos dos corvos, quando clamam.
  9. Não faz caso da força do cavalo, nem se compraz nos músculos do guerreiro.
  10. Agrada-se o SENHOR dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia.
  11. Louva, Jerusalém, ao SENHOR; louva, Sião, ao teu Deus.
  12. Pois ele reforçou as trancas das tuas portas e abençoou os teus filhos, dentro de ti;
  13. estabeleceu a paz nas tuas fronteiras e te farta com o melhor do trigo.
  14. Ele envia as suas ordens à terra, e sua palavra corre velozmente;
  15. dá a neve como lã e espalha a geada como cinza.
  16. Ele arroja o seu gelo em migalhas; quem resiste ao seu frio?
  17. Manda a sua palavra e o derrete; faz soprar o vento, e as águas correm.
  18. Mostra a sua palavra a Jacó, as suas leis e os seus preceitos, a Israel.
  19. Não fez assim a nenhuma outra nação; todas ignoram os seus preceitos. Aleluia!

Por Misael. Arquivado em Salmos

Aleluia! Louva, ó minha alma, ao SENHOR.

  1. Louvarei ao SENHOR durante a minha vida; cantarei louvores ao meu Deus, enquanto eu viver.
  2. Não confieis em príncipes, nem nos filhos dos homens, em quem não há salvação.
  3. Sai-lhes o espírito, e eles tornam ao pó; nesse mesmo dia, perecem todos os seus desígnios.
  4. Bem-aventurado aquele que tem o Deus de Jacó por seu auxílio, cuja esperança está no SENHOR, seu Deus,
  5. que fez os céus e a terra, o mar e tudo o que neles há e mantém para sempre a sua fidelidade.
  6. Que faz justiça aos oprimidos e dá pão aos que têm fome. O SENHOR liberta os encarcerados.
  7. O SENHOR abre os olhos aos cegos, o SENHOR levanta os abatidos, o SENHOR ama os justos.
  8. O SENHOR guarda o peregrino, ampara o órfão e a viúva, porém transtorna o caminho dos ímpios.
  9. O SENHOR reina para sempre; o teu Deus, ó Sião, reina de geração em geração. Aleluia!

Por Misael. Arquivado em N. Sra. Desatadora dos Nós, Orações

Ó Nossa Senhora Desatadora dos Nós, desata todos os nós que há em nossa vida.
Mas qual os tipos de nós que o sufocam?

Os nós da discórdia em sua família, do desentendimento entre pais e filhos, do desrespeito, da violência; os nós das profundas mágoas entre marido e mulher, da falta de paz e alegria no lar. Os nós da angústia e desespero da separação de esposa e esposo, da dissolução da família; os nós da aflição de um filho drogado, enfermo ou que se afastou de casa e de Deus; os nós do alcoolismo, dos nossos vícios e os de quem muito amamos. Os nós das mágoas, dos ressentimentos que tanto nos torturam o coração; os sentimentos de culpa, o aborto praticado, as enfermidades que não saram, a depressão, o desemprego, os medos, a solidão. Os nós da incredulidade, orgulho, da vida em pecado.

Ajude-me a destar todos estes tipos de nós.
Amém.

(Rezar três Ave Maria).

Por Misael. Arquivado em Orações, Santo Expedito

Santo Expedito ouvi os rogos que neste instante vos fazemos;
abreviai por vossa intercessão a Nosso Senhor Jesus Cristo e à Virgem Imaculada,
a entrada no Paraíso, às benditas almas do Purgatório,
e a alma de (Dizer o nome da pessoa)
que necessita de vossa proteção.
Assim seja.

Por Misael. Arquivado em Salmos

Louvores de Davi.

  1. Exaltar-te-ei, ó Deus meu e Rei; bendirei o teu nome para todo o sempre.
  2. Todos os dias te bendirei e louvarei o teu nome para todo o sempre.
  3. Grande é o SENHOR e mui digno de ser louvado; a sua grandeza é insondável.
  4. Uma geração louvará a outra geração as tuas obras e anunciará os teus poderosos feitos.
  5. Meditarei no glorioso esplendor da tua majestade e nas tuas maravilhas.
  6. Falar-se-á do poder dos teus feitos tremendos, e contarei a tua grandeza.
  7. Divulgarão a memória de tua muita bondade e com júbilo celebrarão a tua justiça.
  8. Benigno e misericordioso é o SENHOR, tardio em irar-se e de grande clemência.
  9. O SENHOR é bom para todos, e as suas ternas misericórdias permeiam todas as suas obras.
  10. Todas as tuas obras te renderão graças, SENHOR; e os teus santos te bendirão.
  11. Falarão da glória do teu reino e confessarão o teu poder,
  12. para que aos filhos dos homens se façam notórios os teus poderosos feitos e a glória da majestade do teu reino.
  13. O teu reino é o de todos os séculos, e o teu domínio subsiste por todas as gerações. O SENHOR é fiel em todas as suas palavras e santo em todas as suas obras.
  14. O SENHOR sustém os que vacilam e apruma todos os prostrados.
  15. Em ti esperam os olhos de todos, e tu, a seu tempo, lhes dás o alimento.
  16. Abres a mão e satisfazes de benevolência a todo vivente.
  17. Justo é o SENHOR em todos os seus caminhos, benigno em todas as suas obras.
  18. Perto está o SENHOR de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade.
  19. Ele acode à vontade dos que o temem; atende-lhes o clamor e os salva.
  20. O SENHOR guarda a todos os que o amam; porém os ímpios serão exterminados.
  21. Profira a minha boca louvores ao SENHOR, e toda carne louve o seu santo nome, para todo o sempre.

Por Misael. Arquivado em Salmos

Salmo de Davi.

  1. Bendito seja o SENHOR, rocha minha, que me adestra as mãos para a batalha e os dedos, para a guerra;
  2. minha misericórdia e fortaleza minha, meu alto refúgio e meu libertador, meu escudo, aquele em quem confio e quem me submete o meu povo.
  3. SENHOR, que é o homem para que dele tomes conhecimento? E o filho do homem, para que o estimes?
  4. O homem é como um sopro; os seus dias, como a sombra que passa.
  5. Abaixa, SENHOR, os teus céus e desce; toca os montes, e fumegarão.
  6. Despede relâmpagos e dispersa os meus inimigos; arremessa as tuas flechas e desbarata-os.
  7. Estende a mão lá do alto; livra-me e arrebata-me das muitas águas e do poder de estranhos,
  8. cuja boca profere mentiras, e cuja direita é direita de falsidade.
  9. A ti, ó Deus, entoarei novo cântico; no saltério de dez cordas, te cantarei louvores.
  10. É ele quem dá aos reis a vitória; quem livra da espada maligna a Davi, seu servo.
  11. Livra-me e salva-me do poder de estranhos, cuja boca profere mentiras, e cuja direita é direita de falsidade.
  12. Que nossos filhos sejam, na sua mocidade, como plantas viçosas, e nossas filhas, como pedras angulares, lavradas como colunas de palácio;
  13. que transbordem os nossos celeiros, atulhados de toda sorte de provisões; que os nossos rebanhos produzam a milhares e a dezenas de milhares, em nossos campos;
  14. que as nossas vacas andem pejadas, não lhes haja rotura, nem mau sucesso. Não haja gritos de lamento em nossas praças.
  15. Bem-aventurado o povo a quem assim sucede! Sim, bem-aventurado é o povo cujo Deus é o SENHOR!

Por Misael. Arquivado em Salmos

Salmo de Davi.

  1. Atende, SENHOR, a minha oração, dá ouvidos às minhas súplicas. Responde-me, segundo a tua fidelidade, segundo a tua justiça.
  2. Não entres em juízo com o teu servo, porque à tua vista não há justo nenhum vivente.
  3. Pois o inimigo me tem perseguido a alma; tem arrojado por terra a minha vida; tem-me feito habitar na escuridão, como aqueles que morreram há muito.
  4. Por isso, dentro de mim esmorece o meu espírito, e o coração se vê turbado.
  5. Lembro-me dos dias de outrora, penso em todos os teus feitos e considero nas obras das tuas mãos.
  6. A ti levanto as mãos; a minha alma anseia por ti, como terra sedenta.
  7. Dá-te pressa, SENHOR, em responder-me; o espírito me desfalece; não me escondas a tua face, para que eu não me torne como os que baixam à cova.
  8. Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça, pois em ti confio; mostra-me o caminho por onde devo andar, porque a ti elevo a minha alma.
  9. Livra-me, SENHOR, dos meus inimigos; pois em ti é que me refugio.
  10. Ensina-me a fazer a tua vontade, pois tu és o meu Deus; guie-me o teu bom Espírito por terreno plano.
  11. Vivifica-me, SENHOR, por amor do teu nome; por amor da tua justiça, tira da tribulação a minha alma.
  12. E, por tua misericórdia, dá cabo dos meus inimigos e destrói todos os que me atribulam a alma, pois eu sou teu servo.
Tema modificado por Carioca no Cerrado